Reforma do Ensino Médio no Estado do Rio Grande do Sul (Brasil): alinhamentos e resistências

Resumo

Neste artigo, apresentamos uma análise da implementação inicial da reforma do Ensino Médio (Lei Nº 13.415/2017) na rede estadual do Rio Grande do Sul, de setembro de 2016 a dezembro de 2018. A partir do conceito de campo de Pierre Bourdieu (2004, 2011), buscamos compreender estratégias e posições de dois agentes no campo educacional: a Secretaria Estadual da Educação e o Conselho Estadual de Educação. Por meio de análise documental, percebemos alinhamento da Secretaria às orientações do Ministério da Educação, com reprodução da concepção de educação vinculada aos interesses hegemônicos no campo econômico. Do Conselho, observamos resistência, em primeiro lugar, pela rejeição da Medida Provisória Nº 746/2016, e, após a sanção da Lei, por resistência dentro da norma, utilizando-se do jogo dentro do campo para minimizar os impactos aos estudantes. Palavras-chave: Reforma do Ensino Médio. Lei Nº 13.415/2017. Rio Grande do Sul.
Publicado
2019-12-28