Pauta Geral - Estudos em Jornalismo https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta <p>Revista Pauta Geral – Estudos em Jornalismo é uma publicação semestral do Programa de Pós-graduação em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), que tem como objetivo divulgar estudos e pesquisas em Jornalismo, seja como resultado de investigação concluída ou em andamento, buscando o fortalecimento do campo jornalístico também em nível de pós-graduação no Brasil. A revista recebe artigos, resenhas e entrevistas em fluxo contínuo.&nbsp;</p> Universidade Estadual de Ponta Grossa pt-BR Pauta Geral - Estudos em Jornalismo 2318-857X A Coordenação Editorial da Revista Pauta Geral e seus consultores/pareceristas não se responsabilizam pelo material publicado (em seus diversos formatos), seja no que diz respeito aos conteúdos, referências, conceitos ou citações e tampouco pela estrutura de apresentação. A responsabilidade (autoral e intelectual) é exclusivamente dos autores que assinam os artigos/ensaios submetidos à Revista. Na linha de frente: as estratégias sensíveis na cobertura da pandemia do Covid-19 no telejornal RN1 https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/17213 <p>A pandemia do Covid-19 marcou o ano de 2020. À medida que a doença se propagava, os telejornais se desdobravam em sua cobertura para informar a população, utilizando mecanismos que primam pela comoção do seu público. Assim, a pesquisa busca discutir quais estratégias sensíveis foram utilizadas pelo telejornal RNTV 1ª edição (RN1), - exibido pela Inter TV Cabugi, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Norte - durante a cobertura do período pandêmico. Tem como objeto de análise o quadro “Na linha de Frente”, criado exclusivamente para noticiar e dar maior visibilidade ao cenário em questão, se utilizando de uma atmosfera de comoção e afetação dos sentidos sob os quais buscamos problematizar algumas particularidades</p> André Bonsanto Raqueline Varela de Souza Copyright (c) 2021 André Bonsanto, Raqueline Varela de Souza 2021-03-09 2021-03-09 8 1 1 24 Editorias no webjornalismo https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/17475 <p>O artigo aborda a configuração das editorias no webjornalismo, enfocando o agenda-setting e a organização das informações no contexto web. Em seguida, apresenta a análise dos dados de dois portais de notícia, um de âmbito local, outro de âmbito regional: Noroeste Online, RS, e 180graus, PI, em três meses de 2019. As editorias priorizadas pelos veículos são respectivamente Destaques e Polícia. O levantamento revela fidelidade do 180graus a seus princípios editoriais, focado na questão da segurança pública. No caso do Noroeste Online, voltado para a realidade local e estadual, observa-se descolamento entre as editorias e o público-alvo. A interpretação construída a partir da análise dos dados destaca a função das editorias no webjornalismo: organização dos acontecimentos em consonância com o alcance e a linha editorial dos veículos, a par dos recursos da plataforma web.</p> Marcio da Silva Granez Cristiane Portela de Carvalho Copyright (c) 2021 Marcio da Silva Granez, Cristiane Portela de Carvalho 2021-06-11 2021-06-11 8 1 1 19 Jornalismo em quadrinhos sobre a crise migratória na trilogia “A Odisseia de Hakim”, de Fabien Toulmé https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/17765 <p>A resenha trata da trilogia “A Odisseia de Hakim”, do francês Fabien Toulmé. Em formato de jornalismo em quadrinhos, os três livros contam a história de um imigrante sírio que precisa deixar o seu país para fugir dos crescentes conflitos que ameaçam a população civil. A reportagem mostra as dificuldades enfrentadas por Hakim na jornada para chegar à França, passando por países como Turquia, Líbano, Grécia, Macedônia, Hungria e Áustria.</p> Paula Sperb Felipe Boff Copyright (c) 2021 Paula Sperb, Felipe Boff 2021-06-11 2021-06-11 8 1 1 5 Jornalismo em quadrinhos e construção de memória https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/18013 <p>Diariamente, o jornalismo contribui com registros da “história imediata”, e atua como um importante lugar de memória (MADUELL, 2015) em nossa sociedade, sendo uma fonte de pesquisa histórica (ROMANCINI, 2005) em suas várias formas. Desde os anos 1990, a linguagem dos quadrinhos vem sendo utilizada por diversos autores devido a suas inúmeras possibilidades para a narrativa jornalística (SOUZA JÚNIOR, 2010). No campo do jornalismo, porém, enfrenta certa resistência, em especial por ser um meio artístico, conhecido como “nona arte”. A partir das reportagens em quadrinhos de Joe Sacco, propomos neste artigo uma discussão sobre subjetividade, objetividade e credibilidade do quadrinho enquanto gênero jornalístico, bem como sobre sua potência na construção de memória coletiva.</p> Natália Huf Mauro César Silveira Copyright (c) 2021 Natália Huf, Mauro César Silveira 2021-06-11 2021-06-11 8 1 1 13 Periodismo, activismo y defensa del derecho a la comunicación para todas y todos: entrevista con Sally Burch https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/17275 <p>El derecho a la comunicación y la participación ciudadana son el foco del trabajo de la periodista y activista Sally Burch. Directora ejecutiva y cofundadora de la Agencia Latinoamericana de Información (ALAI), autora de varios libros y artículos sobre la democratización de la comunicación y la participación de las mujeres en los medios, Sally Burch contextualiza, en esta entrevista, la trayectoria de las luchas de los movimientos sociales y los desafíos de la apropiación tecnológica en la sociedad en red.</p> Karina Janz Woitowicz Copyright (c) 2021 Karina Janz Woitowicz 2021-03-09 2021-03-09 8 1 1 15