“No longer a European observer”

Exílio, cinema e crítica cultural na escrita jornalística de Siegfried Kracauer

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar a estrutura narrativa do ensaio Why France Liked Our Films (1942), do intelectual judeu-alemão Siegfried Kracauer, publicado na National Board of Review Magazine, a mais antiga revista sobre cinema dos Estados Unidos. Com grande experiência no jornalismo, Kracauer trabalhou durante anos na posição de editor do influente jornal alemão Frankfurter Zeitung, ocupando-se da coluna destinada ao feuilleton. Várias publicações em periódicos estadunidenses de Kracauer, em exílio no país desde 1941, ilustram algum aspecto do fenômeno migratório. Desse modo, sua escrita jornalística permite observar, dentro de um contexto cinematográfico, aspectos de renovação das suas referências espaciais e socioculturais, num processo que envolve e atinge o próprio cerne da construção identitária.

Biografia do Autor

Jéssica Pereira Frazão, Universidade de São Paulo (USP)
Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), na linha de História,Teoria e Crítica. É membro dos Grupo de Pesquisa História da Experimentação no Cinema e na Crítica (ECA-USP). E-mail: jessicafrazao@usp.br 
Rubens Machado Júnior, Universidade de São Paulo
Professor Titular em Análise e Crítica Audiovisual, no CTR/ECA-USP, Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde leciona desde 1999. 
Publicado
2020-09-09
Como Citar
Pereira FrazãoJ., & Machado JuniorR. (2020). “No longer a European observer”. Pauta Geral - Estudos Em Jornalismo, 7(1), 1-15. Recuperado de https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/16370