Crying girl on the border

a colonialidade de gênero na fronteira das imagens

  • Angie Biondi Programa de Pós graduação em Comunicação e Linguagens da Universidade Tuiuti do Paraná
  • Ângela Cristina Salgueiro Marques Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

As discussões empreendidas pelo pensamento decolonial têm levado pesquisadoras e pesquisadores à revisão crítica das práticas mediáticas no âmbito da produção e circulação de imagens. As maneiras de representar sujeitos sem considerar os marcadores de gênero, raça, classe, etnia, em interseccionalidade, são questionadas como sínteses visuais redutoras de complexos processos engendrados por formas subjacentes do capitalismo. Neste texto, propomos uma reflexão crítica acerca dos modos como a imagem jornalística ainda circunscreve um lugar específico ao sujeito vulnerável, tomando como uma base exemplar a fotografia vencedora do prêmio internacional World Press Photo, em 2019.
Publicado
2020-08-01
Como Citar
BiondiA., & Salgueiro Marques Ângela C. (2020). Crying girl on the border. Pauta Geral - Estudos Em Jornalismo, 7(1), 1-20. Recuperado de https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/15837