Novas narrativas nos telejornais da Globo News

  • Ana Carolina Vanderlei Cavalcanti UEPG
  • Isaltina Mello Gomes

Resumo

Neste trabalho, analisamos como as tecnologias digitais móveis têm influenciado as narrativas internacionais apresentadas nos telejornais do canal de notícias 24 horas GloboNews, da Rede Globo. Com o apoio teórico de Alfredo Vizeu (2016), Antonio Fausto Neto (2006; 2007; 2008), Dominique Maingueneau (2008), Ekkehard Eggs (2008), Fabiana Piccinin (2014), José Luiz Fiorin (2004) e Yvana Fechine (2008), observamos como se dá o desvelamento do mundo pelos correspondentes da emissora, com o uso de determinadas estratégias discursivas, entre elas a de autorreferencialidade, para a construção de um ethos desses profissionais. Verificamos que a experiência do fazer jornalístico tem sido incorporada à reportagem como notícia.

Biografia do Autor

Ana Carolina Vanderlei Cavalcanti, UEPG
Doutoranda em Comunicação pela UFPE, Mestra em Comunicação pela UFPB e em Jornalismo Internacional pela City University de Londres (foi bolsista do programa Chevening do Conselho Britânico), Especialista em Relações Internacionais pela UNICAP e Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo também pela UFPE.
Isaltina Mello Gomes
Professora Titular da UFPE e atua como docente no curso de Jornalismo, do Departamento de Comunicação Social da UFPE, e no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE.
Publicado
2019-07-24
Como Citar
CavalcantiA. C. V., & GomesI. M. (2019). Novas narrativas nos telejornais da Globo News. Pauta Geral - Estudos Em Jornalismo, 6(1), 59-77. Recuperado de https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/13888