O uso de fontes de informação nacionais e internacionais: uma pesquisa nos portais Superinteressante e Galileu

Gabriella Zauith Leite Lopes, Giovana Alves Faria

Resumo


Este artigo traz dados da pesquisa quantitativa que avalia a noticiabilidade da informação científica em matérias de portais de revistas de divulgação científica brasileiras. O estudo considerou o uso de fontes de informação internacionais e nacionais. O corpus de análise totalizou uma amostra com 730 matérias das editorias de Saúde e Ciência veiculadas em dois períodos diferentes nas edições online das revistas Superinteressante e Galileu. A primeira fase fez parte do projeto de Iniciação Científica (PIC), em 2016, com coleta na editoria de Saúde e a segunda foi tema do TCC, concluído em 2018, na editoria de Ciências. A maioria das fontes de informação utilizadas nas matérias de ambos os portais são provenientes de entidades e revistas científicas internacionais renomadas.  Resultados parciais apontam a subutilização de fontes nacionais, provenientes da pesquisa científica nacional.


Palavras-chave


Jornalismo científico; Revistas de divulgação científica; Fontes de Informação

Texto completo:

PDF
';



Indexadores: LatindexIBICT/ SEERREVIScomDiadorimDialnet; Doaj; SumáriosPortal LivreSHERPA/ROMEO; FLASCO Argentina; Scholar Google

Creative Commons BY-SA 3.0 - Revista Pauta Geral - estudos em jornalismo 2014 - 2018, periódico científico do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UEPG: É permitido copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato, remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial, desde que citada a fonte. Aqueles que o fizerem, devem manter o mesmo padrão de direito autoral.