“E de dentro do circo saiu um passarhomem, metade homem e metade pássaro”: as culturas infantis no jardim de infância

Main Article Content

Maria Manuela de Sampaio Pinto Silva
https://orcid.org/0000-0002-1294-3597

Resumo

Este trabalho foca as culturas infantis e sua articulação com o direito de crianças cidadãos, a partir de contributos socioantropológicos e da psicologia cultural. Usando uma narrativa interpretativa na perspetiva etnográfica, circunscrevemos o estudo de caso a um jardim de infância, onde, de modo holístico e pelo reconhecimento dos artefactos criados pelas crianças como reveladores de culturas infantis, escrutinamos modos e oportunidades das crianças serem atores sociais e participarem na coconstrução do seu currículo. Recorrendo a metodologias visuais e de análise de conteúdo, debruçamo-nos sobre as interações e produções das crianças, em diversos formatos e suportes, resultado da sua atividade autónoma, a pares ou de grupo, num jardim de infância da rede pública. Dos projetos das crianças se infere conhecimento sobre a infância e sobre os processos de construção das culturas infantis.

Metrics

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
DE SAMPAIO PINTO SILVA, M. M. “E de dentro do circo saiu um passarhomem, metade homem e metade pássaro”: as culturas infantis no jardim de infância. Olhar de Professor, v. 24, p. 1-26, 17 jul. 2021.
Seção
Práticas artísticas contemporâneas, crianças e docência: experiências estéticas
Biografia do Autor

Maria Manuela de Sampaio Pinto Silva, Agrupamento de Escolas Amado de Souza Cardoso

Ph.D. em EStudos da Criança, na área da Sociologia da Infância, trabalha diretamente com crianças pequenas - de 3 a 6 anos - desde 1982. Na sua trajetória profissional, contatou os mais diversos ambientes sociais do seu país e teve a possibilidade de ouvir, conversar e construir pedagogia, com as crianças e seus familiares ao longo do tempo.O seu interesse pela análise social e pelas culturas infantis tem tido um papel fundamental para a sua compreensão da infância e na promoção dos seus estudos, contribuindo para uma melhor prática pedagógica. Assim, desenvolveu estudos, publicou textos, comunicações e projetos, simultaneamente com a prática pedagógica.

Referências

ALANEN, L. Childhood as a social phenomenon: national report. Viena: European Center, 1990.
BARBOSA, M. C. Culturas escolares, culturas de infância e culturas familiares: as socializações e a escolarização no entretecer destas culturas. Revista Educação e Sociedade, 80 (100), p.1059-1083, 2007.
CORSARO, W. A. We’re friends, right? Inside kids culture. Washington: Joseph Henry Press, 2003.
CORSARO, W. A. Sociologia da infância. Porto Alegre: Artmed, 2011.
FERNANDES, N., & TOMÁS, C. Participação e ação pedagógica: a valorização da competência e ação social das crianças. Atas do X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, 2009.
HALLDÈN, G. The Metaphors of Childhood in a Preschool Context. Parer presented at AARE conference, Sidney, 2005.
PROUT, A. Reconsiderando a nova sociologia da infância. Cadernos de Pesquisa 40, (141), p.729-750, 2010.
PROUT, A. & JAMES, A. Constructing and reconstructing Childhood. London: The Falmer Press, 1990.
QVORTRUP, J. O. O trabalho escolar infantil tem valor?: a colonização das crianças pelo trabalho escolar. In: L. R. Castro (Org.). Crianças e jovens na construção da cultura. Rio de Janeiro: NAU; FAPERJ, 2001.
SARMENTO, M. J. A reinvenção do ofício de criança e de aluno. Atos de pesquisa em educação 6, (3), 581-60. PPGE/ME FURB, 2001ª.
SACRISTÀN, S. J. O Aluno como Invenção. Porto: Porto Editora, 2006
SARMENTO, M. J. As Culturas da infância nas encruzilhadas da 2ª modernidade. In: Sarmento, M. J.; Cerisara, A. B., (Coord.), Crianças e Miúdos. Perspectivas sociopedagógicas sobre infância e educação , 9-34. Porto: Asa, 2004.
SARMENTO, M. J. (2011). Conhecer a infância: os desenhos das crianças como produções simbólicas. In Filho, A. J. M. & Prado, P. D., (Orgs.). Das pesquisas com crianças à complexidade da infância, 27-60. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.
SARMENTO, M. J. A sociologia da infância e a sociedade contemporânea. In Ens, R. T.; Garanhani, M. C. A sociologia da infância e a formação de professores. Curitiba: Champagnat, 2013.
SOARES, N. F; SARMENTO, M. J. e TOMÁS, C. A. Investigação da infância e crianças como investigadoras: metodologias participativas dos mundos sociais das crianças. Nuances: Estudos sobre Educação UNESP – Presidente Prudente, vol. 12, nº 13, p. 49-64. 2005.

TISDALL, E. K. M., DAVIS, J. M., HILL, M.; PROUT, A. (eds). Children, Young People and Social Inclusion: Participation for what? Bristol: The Policy Press, 2006.
VIGOTSKY, L. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2008.