Cidade viva e sonora da terra de Guairacá: experimentações sonoras acerca da história de Curitiba com crianças na Bienal de Arte

Conteúdo do artigo principal

João Paulo de Souza da Silva
https://orcid.org/0000-0002-7557-5226
Daniele Martinez de Oliveira Coelho
https://orcid.org/0000-0001-6447-2152

Resumo

Neste texto, relatamos a experiência com a proposta artística “Cidade viva e sonora da terra de Guairacá”, realizada com estudantes do 5º ano de uma escola municipal e apresentada na IV Bienal de Arte/Educação da Secretaria Municipal da Educação de Curitiba no segundo semestre de 2019. O objetivo principal da proposta foi articular a temática estabelecida pela Bienal – “Arte e Vida: fronteiras em aberto” – com os conteúdos ministrados em outros componentes curriculares, como história e geografia. Imaginamos a possibilidade de a partir da realidade vivida pelos estudantes atuar poeticamente através de fronteiras não apenas geográficas (cidade de Curitiba), mas temporais (século XIX), com a criação e captação de paisagens sonoras produzidas pelos alunos, utilizando diferentes materiais sonoros, posteriormente editados, cujo resultado se caracteriza como uma composição de música contemporânea, apoiando-se especialmente em Schafer (1991 e 2001), Zagonel (1999 e 2007), Torres e Kozel (2019).

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
SILVA, J. P. de S. da; COELHO, D. M. de O. . Cidade viva e sonora da terra de Guairacá: experimentações sonoras acerca da história de Curitiba com crianças na Bienal de Arte. Olhar de Professor, [S. l.], v. 25, p. 1–17, 2022. DOI: 10.5212/OlharProfr.v.25.17520.012. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/17520. Acesso em: 25 jun. 2022.
Seção
Experiências Pedagógicas
Biografia do Autor

João Paulo de Souza da Silva, Secretaria Municipal de Educação - SME/Curitiba

Pedagogo, Mestre e Doutor em educação pela Universidade Federal do Paraná. Bacharel em Direito pela Universidade Católica de Santos. Atualmente é professor de práticas artísticas na rede municipal de educação da prefeitura municipal de Curitiba/PR. Tem interesse nos seguintes assuntos: educação, ensino de arte, modernização educacional, história da educação.

Daniele Martinez de Oliveira Coelho, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Licenciada em Música, especialista no ensino de Arte, mestranda no PPGE/UFPR. É professora nas redes públicas de ensino dos municípios de Colombo/PR e Curitiba/PR.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC): educação é a base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf Acesso em: 29 jun. 2019.

CURITIBA, Secretaria Municipal da Educação. Arte e Vida: fronteiras em aberto. Bienal de Arte/Educação da SME. Curitiba: Heyzine Flipbooks, 2020. Disponível em: https://heyzine.com/flip-book/bd36e2f73a.html Acesso em: 09 fev. 2021.

CURITIBA, Secretaria Municipal da Educação. Caderno Pedagógico de Unidades Curriculares de Transição 2020 – 2021: arte – anos iniciais. Curitiba: SME, 2021. Disponível em: https://mid-educacao.curitiba.pr.gov.br/2021/2/pdf/00284611.pdf Acesso em: 12 fev. 2021.

OLIVEIRA, L. F. A Emergência do Significado em Música. 264 f. Tese (Doutorado em Música), Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/283929/1/Oliveira_LuisFelipe_D.pdf Acesso em: 11 fev. 2021.

SANTOS, F. C. dos. A Paisagem Sonora, a Criança e a Cidade: exercícios de escuta e de composição para uma ampliação da ideia de música. 2006. Tese (Doutorado em Música). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/284331/1/Santos_FatimaCarneirodos_D.pdf Acesso em: 11 fev. 2021.

SCHAFER, R. M. A Afinação do Mundo: uma exploração pioneira pela história passada e pelo atual estado do mais negligenciado aspecto do nosso ambiente: a paisagem sonora. Tradução de Maria Trench de O. Fonterrada. São Paulo: Editora Unesp, 2001. Disponível em: https://monoskop.org/images/9/93/Schafer_R_Murray_A_afinacao_do_mundo.pdf Acesso em: 12 fev. 2021.

SCHAFER, R. M. O Ouvido Pensante. Tradução de Maria Trench de O. Fonterrada; Magda R. Gomes da Silva; Maria Lúcia Pascoal. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1991. Disponível em: https://monoskop.org/images/2/21/Schafer_R_Murray_O_ouvido_pensante.pdf Acesso em: 12 fev. 2021.

SOUZA LIMA BLOG. O Que é Música de Câmara? Souza Lima Blog. Curitiba, 26. fev. 2019. Disponível em: https://souzalima.com.br/blog/o-que-e-musica-de-camara/ Acesso em: 12 fev. 2021.

TOFFOLO, R. B. G.; OLIVEIRA, L. F; ZAMPRONHA, E. S. Paisagem Sonora: uma proposta de análise. In: 14º Encontro da ANPPOM, 2003, Porto Alegre. Anais [...] Porto Alegre: ANPPOM, 2003. Disponível em: http://cogprints.org/3000/1/TOFFOLO_OLIVEIRA_ZAMPRA2003.pdf Acesso em: 11 fev. 2021.

TORRES, M. A.; KOZEL, S. Paisagens Sonoras: possíveis caminhos aos estudos culturais em geografia – Soundscapes: possible ways to study in cultural geography. R. RA´E GA, Curitiba, n. 20, p. 123-132, 2010. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/20616/13762 Acesso em: 29 jun. 2019. DOI: https://doi.org/10.5380/raega.v20i0.20616

ZAGONEL, B. Descobrindo a Música Contemporânea. In: Arte Contemporânea em Questão. Joinville, SC: UNIVILLE/Instituto Schwanke, 2007. Disponível em: https://www.bernadetezagonel.com.br/ASSETS/pdf/Descobrindo-a-Musica-Contemporanea.pdf Acesso em: 29 jun. 2019.

ZAGONEL, B. Em Direção a um Ensino Contemporâneo de Música. Revista Ictus, Salvador: UFBA, v.1, p. 1-15, 1999. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/ictus/article/view/34196 Acesso em: 09 fev. 2021.