O pensamento de Paulo Freire expresso na obra Pedagogia da Indignação: cartas pedagógicas e outros escritos

Main Article Content

Amancio Leandro Corrêa Pimentel
Antônia Solange Pinheiro Xerez
Francisco Mirtiel Frankson Moura Castro

Resumo

Por intermédio da análise e reflexão da obra Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos, de Paulo Freire, o estudo propõe-se discutir, em caráter introdutório, sobre assuntos vigentes e pertinentes na realidade brasileira, como formação de consciência democrática e ética, ante discursos antidemocráticos e da subordinação à “ética” do mercado; história como possibilidade, em contraposição a história como determinismo; e a necessária leitura e uso críticos da tecnologia e meios de comunicação ante a globalização neoliberal atrelada aos seus discursos ideológicos. A abordagem deste estudo é de natureza qualitativa, fundamentada em pesquisa bibliográfica, dando destaque ao livro supracitado, sem omitir, contudo, seu diálogo e coerência com os escritos de Freire no decurso de sua obra. Depreende-se nestes escritos de Freire provocação à indispensável leitura da realidade e seus temas vigentes, complexos, em sua relação com os conteúdos curriculares como imprescindíveis à inserção na história na qualidade de presença ativa.              

Metrics

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
PIMENTEL, A. L. C.; XEREZ, A. S. P.; CASTRO, F. M. F. M. O pensamento de Paulo Freire expresso na obra Pedagogia da Indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. Olhar de Professor, v. 24, p. 1-21, 20 mar. 2021.
Seção
Caderno temático: A atualidade do Pensamento de Paulo Freire