Do registro à documentação pedagógica: possibilidades e necessidades docentes

Main Article Content

Giovana Alonso
https://orcid.org/0000-0002-3594-2466
Renata Aparecida Drape
https://orcid.org/0000-0002-1535-507X
Cleonice Maria Tomazzetti
https://orcid.org/0000-0002-1976-4604

Resumo

Este artigo tem por objetivo tecer um debate teórico a respeito das práticas avaliativas na Educação Infantil. Para tanto, realiza a exposição pormenorizadas dos ditames da Documentação Pedagógica na Educação Infantil e o modo como esta se desdobra, com vistas à escuta da criança em suas múltiplas linguagens. Alocamos o duplo sentido da Documentação Pedagógica, qual seja, o da avaliação na Educação Infantil, na medida em que enxergamos a possibilidade de ouvir as crianças e de garantir seus direitos por meio de diferentes recursos que captam suas vozes e seus olhares, e o viés da formação docente, visto que o professor não realiza apenas a documentação pedagógica, mas também a utiliza para refletir sobre suas próprias práticas. Para tal, realiza-se o balanço do tema da avaliação no campo da Educação Infantil e o modo como ele vem sendo abordado por diferentes pesquisadores inscritos em seu interior, bem como, apresentamos o curso de formação de professoras(es) formulado e ministrado pelas autoras, conferindo visibilidade ao modo como a mudança de práticas e a transformação de rotinas tornam-se pertinente ao processo de ensinar e aprender por meio de experiências e ao fato de que as crianças possuem diferentes e muitas linguagens para se expressar.

Metrics

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
ALONSO, G.; DRAPE, R. A.; TOMAZZETTI, C. M. Do registro à documentação pedagógica: possibilidades e necessidades docentes. Olhar de Professor, v. 24, p. 1-18, 20 mar. 2021.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Giovana Alonso, Universidade Federal de São Carlos

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos, professora do Ensino Fundamental na rede privada de ensino e membro do grupo de pesquisa EdIPIC - UFSCar, pesquisando a infância, a educação infantil, a cultura infantil e a documentação pedagógica.

Renata Aparecida Drape, Universidade Federal de São Carlos

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação Profissional em Educação, professora da Educação Infantil na rede municipal de educação da cidade de São Carlos, membro do grupo de pesquisas EdIPIC - UFSCar.

Cleonice Maria Tomazzetti, Universidade Federal de São Carlos

Docente do Departamento de Teorias e Práticas Pedag´ógicas da Universidade Federal de São Carlos e do Programa de Pós-Graduação Profissional em Educação, vice líder do grupo de pesquisa EdIPIC - UFSCar e pesquisadora da infância, da educação infantil e das políticias para a educação infantil.