O DESAFIO DA CONSTRUÇÃO DE UM MODELO ALTERNATIVO DE AVALIAÇÃO EXTERNA EM LARGA ESCALA DA APRENDIZAGEM: UM DESAFIO, SIMULTANEAMENTE, CONCEITUAL, TÉCNICO E POLÍTICO COMO PONTO DE APOIO PARA O SUCESSO DE TODOS OS ALUNOS

Palavras-chave: Avaliação da aprendizagem. Avaliação externa. Política educacional.

Resumo

Neste artigo, parte-se do reconhecimento da centralidade que as avaliações externas em larga escala da aprendizagem assumiram nas políticas educacionais nas últimas décadas e problematiza-se a relação com a denominação genérica de avaliação externa, indicando que em alguns casos essa expressão sequer significa avaliação e, em outros, não se trata de avaliar aprendizagem. Depois, são apontadas limitações em relação ao modelo vigente, sobretudo no que tange ao envolvimento de professores e elementos que poderiam compor um modelo de avaliação externa da aprendizagem associado à formação dos professores em avaliação educacional, destacando as teorias em torno da validade e da avaliação democrática. Finalizando são apresentados relatos de uma experiência em Moçambique similar ao modelo alternativo proposto, com a valorização da conceituação, das condições e das características que uma avaliação da aprendizagem, externa ou interna, deve possuir para se colocar como ponto de apoio para o sucesso de todos os alunos. Palavras-chave: avaliação da aprendizagem; avaliação externa; política educacional

Biografia do Autor

Michelly Francini Brassaroto do Amaral, Universidade de São Paulo
Mestranda em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), possui Graduação em Ciências Biológicas, pós-graduação em Gestão Escolar e cursa Pedagogia na Universidade Estadual Paulista (UNESP). É Coordenadora Pedagógica na Rede Municipal  de Ensino de São Paulo. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação Educacional (Gepave) da Feusp e realiza assessoria em Educação e Avaliação Educacional para redes municipais.
Ocimar Munhoz Alavarse, Universidade de São Paulo - USP
Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal de São Carlos-SP). Mestre e Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo. Professor em curso de Graduação e Pós-Graduação, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP). Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação Educacional (Gepave).
Fernando Augusto Silva, Professor em Rede Particular de Ensino.
Doutor em Ensino de Ciências (Modalidade: Física) pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Ensino de Física e licenciado em Física pela mesma instituição. Professor em Rede Particular de Ensino. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação Educacional (Gepave).
Publicado
2020-08-09
Como Citar
Brassaroto do AmaralM. F.; AlavarseO. M.; SilvaF. A. O DESAFIO DA CONSTRUÇÃO DE UM MODELO ALTERNATIVO DE AVALIAÇÃO EXTERNA EM LARGA ESCALA DA APRENDIZAGEM: UM DESAFIO, SIMULTANEAMENTE, CONCEITUAL, TÉCNICO E POLÍTICO COMO PONTO DE APOIO PARA O SUCESSO DE TODOS OS ALUNOS. Olhar de Professor, v. 23, p. 1-18, 9 ago. 2020.
Seção
Caderno temático: Avaliação em larga escala no contexto da Educação Básica