A abordagem da Literatura no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM): uma análise das provas de 2017 e 2018

  • Gabriela Fernanda Cé Luft Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Porto Alegre

Resumo

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), popularizado especialmente a partir da segunda década do século XXI, tem repercutido nos níveis de ensino anteriores à universidade e ditado mudanças curriculares. Com vistas a investigar quais seus impactos, sobretudo para o ensino médio, o presente artigo apresenta um histórico do exame e analisa, quantitativa e qualitativamente, as questões de Literatura das provas aplicadas nos anos de 2017 e 2018, problematizando, especialmente, quais os gêneros, habilidades e competências mais recorrentes. Dada uma tendência de negligência das especificidades do texto literário, e tendo em vista que oensino médio costuma se moldar às demandas dos processos seletivos de ingresso às universidades, constata-se que a formação de leitores literários tende a se fragilizar.

Biografia do Autor

Gabriela Fernanda Cé Luft, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Porto Alegre
Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Porto Alegre.
Publicado
2020-03-19
Seção
A linguagem nos processos seletivos para ingresso no ensino superior