O Método sociológico e o gênero discursivo livro didático de língua estrangeira

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir sobre o método sociológico proposto pelo Círculo de Bakhtin, estabelecendo relações com o gênero discursivo livro didático (LD) de língua estrangeira. Tal método aponta para a dimensão extraverbal como ponto de partida para o estudo dos enunciados. Sendo assim, procuramos responder ao seguinte questionamento: ao trabalhar com o LD na sala de aula, como atentar para essa orientação? Sustentamos as reflexões na Análise Dialógica do Discurso, baseada nos escritos do Círculo de Bakhtin e de seus seguidores. Como objeto de análise, debruçamo-nos no LD Cercanía (COIMBRA, CHAVES e ALBA, 2012). Ao fazê-lo, partimos da premissa de que o método sociológico permite a compreensão dos fatores sociais e ideológicos que impulsionam adotar um determinado LD de língua estrangeira para o trabalho com a língua na sala de aula.

Biografia do Autor

Michelly Ferreira de Mendonça, Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Professora da Rede Pública Estadual do Acre e Coordenadora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Rio Branco/AC.Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Cascavel
Terezinha da Conceição Costa-Hübes, Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Professora Doutora do Programa de Pós-graduação em Letras e do curso de Graduação em Letras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel
Publicado
2020-03-19