RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO EM OFICINAS DE METODOLOGIA

  • Luana Dallo
  • Raul Aragão Martins

Resumo

Objetivo: Apresentar a percepção de adolescentes a respeito da relação com o professor que coordena oficinas de metodologia participativa para trabalhar a sexualidade e a prevenção as Doenças Sexualmente transmissíveis. Método: Foi realizada entrevista de grupo focal com estudantes de um colégio que participaram de oficinas de metodologia participativa coordenadas por professores e uma das categorias de análise da entrevista foi a relação entre professor-aluno, relatado nesse estudo. Resultados e Discussão: Apontaram que os alunos consideram a qualidade da relação professor-aluno e o sentimento de confiança no professor como essencial para a aprendizagem a respeito de sexualidade e prevenção as Doenças Sexualmente Transmissíveis, tornando-se fundamental aos profissionais que trabalham com essa temática, atuarem sem preconceitos e tabus. Considerações Finais: É necessário que os profissionais cuidem de sua postura ética, respeitem opiniões e valores culturais, e tenham sigilo quanto ao dialogo desenvolvido com os adolescentes. 
Publicado
2015-07-27
Seção
Artigos