O folheto de política na literatura de cordel: a peleja da querela com o esclarecimento na classificação temática

  • Alberto Magno Perdigão Universidade de Fortalez

Resumo

O presente artigo se localiza no campo da folkcomunicação, em um ponto comum da literatura, do jornalismo e da política. Oferece uma proposta de classificação temática para o folheto de política da literatura de cordel, a partir da análise de conteúdo de narrativas poéticas de caráter informativo-opinativo elaboradas sobre fatos e temas da história e do cotidiano, e denominadas “de acontecidos” entre outros termos. Discute dados de uma revisão bibliográfica sobre a diversidade temática da literatura de cordel, com ênfase nos folhetos de política, e questiona querelas que envolvem a efetividade metodológica de diferentes modelos de classificação. Folkcomunicação; Literatura de cordel; Jornalismo; Política; Classificação temática.

Biografia do Autor

Alberto Magno Perdigão, Universidade de Fortalez
Jornalista, professor, mestre em Políticas Públicas e Sociedade; especialista em Comunicação Social, Publicidade e Propaganda; com aperfeiçoamento em Roteiro para Rádio e televisão. Pesquisa atual em literatura de cordel como mídia informativa em contextos de exclusão comunicacional, com ênfase nos folhetos de política.
Publicado
2021-07-02