A prisão como potencializadora das opressões de gênero e classe

  • Pablo Mateus dos Santos Jacinto Centro Universitário Jorge Amado
Palavras-chave: Travestis, encarceramento, Gênero

Resumo

Resenha do livro Travestis e prisões:  experiência social e mecanismos particulares de encarceramento no Brasil

Biografia do Autor

Pablo Mateus dos Santos Jacinto, Centro Universitário Jorge Amado
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Psicologia na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Mestre em Psicologia (UFBA). Graduado em Psicologia (UNEB). Docente do Centro Universitário Jorge Amado (UNIJORGE). E-mail: pablojacintopsi@gmail.com

Referências

FERREIRA, Guilherme Gomes. Travestis e prisões: experiência social e mecanismos particulares de encarceramento no Brasil. Curitiba: Multideia, 2015

KONDER, Leandro. Marxismo e alienação. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

PRINS, Baukje; MEIJER, Irene Costera. Como os corpos se tornam matéria: entrevista com Judith Butler. Rev. Estud. Fem., Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 155-167, jan. 2002 . Disponível em <http://www.scielo. br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2002000100009&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 20 fev.

Publicado
2020-07-22
Como Citar
JacintoP. M. dos S. (2020). A prisão como potencializadora das opressões de gênero e classe. Emancipação, 20, 1-4. https://doi.org/10.5212/Emancipacao.v.20.2015027.014
Seção
Resenhas