A PIAUIENSIDADE COMO IDENTIDADE CULTURAL NA FORMAÇÃO DE PEDAGOGOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO DE VISITA AO MUSEU DO PIAUÍ

Resumo

O estudo é um relato de experiência do Projeto “Arte, Cultura e História Piauienses: Visita ao Museu do Piauí”, em Teresina (PI), desenvolvido com graduandos de Pedagogia de uma faculdade privada do Piauí. O projeto descrito no texto objetivou propiciar reflexões entre os alunos e despertar o senso de responsabilidade pela preservação, promoção e transmissão dos traços culturais piauienses. Retrata o sentido visto e ouvido pelo professor durante a visita ao museu, bem como os sentidos e significados construídos pelos alunos, que foram compartilhados em uma roda de conversas entre alunos e professor. Os resultados validam a piauiensidade como identidade cultural e evidenciam que, quando se vive e se sente pertencente a uma identidade cultural relacionada com seu campo de atuação, por ações conscientes e reflexivas, o pedagogo torna-se responsável e agente de preservação, promoção e transmissão desses traços culturais para gerações atuais e futuras nos contextos escolares.

Biografia do Autor

Douglas Pereira da Costa, Centro de Tecnologias Educacionais e Consultoria - CETEC
Professor do Centro de Tecnologias Educacionais e Consultoria (CETEC), Teresina - PI, Brasil. Mestrado em Educação.  
Antonieldo Araújo de Freitas, Secretaria Estadual de Educação do Piauí
Professor. Secretaria Estadual de Educação do Piauí, Teresina - PI, Brasil. Especialização em Saúde da Família e Comunidade.  
Publicado
2020-08-21