JORNADA PROFISSIONAL E ACADÊMICA: O Conflito e o Impacto na Qualidade de Vida no Trabalho

  • Fernanda Camargo Vieira Pinto Fundação Escola De Comércio Álvares Penteado - FECAP
  • Luana Gonsalez Da Silveira Fundação Escola De Comércio Álvares Penteado - FECAP
  • Marina Akemi Teoi Chaves Fundação Escola De Comércio Álvares Penteado - FECAP
  • Fabricio Stocker Universidade de São Paulo - FEA/USP

Resumo

O presente estudo pretende analisar os impactos da conciliação da jornada de trabalho com a jornada acadêmica na qualidade de vida no trabalho em estudantes universitários, relação pouco explorada em estudos acadêmicos. Para tanto, foi realizada uma Survey e obtidas 226 respostas válidas de indivíduos que conciliaram trabalho e estudo durante sua jornada de trabalho/estudos.  A pesquisa busca identificar a percepção dos indivíduos, com relação a carga horária trabalhada, benefícios oferecidos, atividades voltadas ao bem-estar, tempo de deslocamento para o trabalho e faculdade, sintomas de cansaço, estresse ou depressão já apresentados dentre outras abordagens pertinentes ao tema. Com base nas respostas obtidas, identificamos que cerca de 70% dos respondentes acreditam que o fato de conciliar trabalho e estudo prejudicava o desempenho na faculdade e indicação de diversos sintomas apresentados durante o período de trabalho e estudo conjunto. Além disso, foram realizados testes ANOVA para testar a correlação entre a qualidade de vida no trabalho com os fatores relacionados a dupla jornada levada pelos participantes da pesquisa. Com este trabalho buscamos contribuir para o direcionamento de novos estudos que avaliem o desgaste físico e emocional apresentado por estudantes que conciliam estudo e trabalho e os impactos que a dupla jornada tem na QVT.
Publicado
2020-04-09
Como Citar
Camargo Vieira Pinto F.; Gonsalez Da Silveira L.; Akemi Teoi Chaves M.; StockerF. JORNADA PROFISSIONAL E ACADÊMICA: O Conflito e o Impacto na Qualidade de Vida no Trabalho. Revista ADMPG, v. 10, p. 1-13, 9 abr. 2020.
Seção
Artigos