AS (MULTIPLI)CIDADES DOS MODERNISTAS PORTUGUESES

La Salette Loureiro

Resumo


Tal como os seus congéneres europeus, também os modernistas portugueses, Fernando Pessoa, Almada e Sá-Carneiro, elegeram a cidade como tema de muitos dos seus textos. Porém, mesmo quando se trata de uma mesma cidade real, Lisboa ou Paris, a cidade de cada um deles é substancialmente diferente. Nesta comunicação abordaremos dois tópicos relacionados com o tema da cidade em dois destes autores. Assim, para Pessoa/ Bernardo Soares, trataremos de duas faces da mesma moeda, «A cidade do quotidiano» e «A cidade irreal», para Sá-Carneiro, destacaremos a relação do autor e suas personagens com a  cidade de Paris.

 

 

 


Palavras-chave


Cidade, Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/uniletras.v38i2.9561

 

Logotipo do IBICT

 

O CONTEÚDO DA REVISTA É DE RESPONSABILIDADE DOS AUTORES.