DA "HORA" PESSOANA

Annabela Rita

Resumo


Inscrevendo a obra Mensagem (1934) no seu contexto, evidencia-se a sua complementaridade e sintonia com um conjunto de outras realizações que exprimem uma leitura da história de Portugal, encarando-o como um país com projecto, missão e ideário. Este trabalho pretende analisar a relação entre a obra e a sua contemporaneidade, mas também entre ela e a patrimonialidade (material e imaterial) nacional que a acompanhou, precedeu e sucedeu, configurando uma museologia identitária nas artes, nas letras e nas ciências. Esta reflexão visa, também, compreender de que modo a obra Mensagem se integra numa estratégia pessoana de construção de identidade autoral nas Letras.


Palavras-chave


crítica literária

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/uniletras.v38i2.9432

 

Logotipo do IBICT

 

O CONTEÚDO DA REVISTA É DE RESPONSABILIDADE DOS AUTORES.