Administração Hospitalar em Portugal, Parte II: Evidências Estatísticas de Igualdade Homem-Mulher no Envolvimento Laboral dos Enfermeiros DOI: 10.5212/Rlagg.v.8.i1.0005

Pedro Miguel Alves Ribeiro Correia, Pedro Miguel Carrão Carrapato, João Abreu de Faria Bilhim

Resumo


Este artigo apresenta o resultado de um estudo sobre a relação entre a variável de caracterização sociodemográfica género e o envolvimento laboral dos enfermeiros do Hospital Beatriz Ângelo, em Portugal. A variável latente envolvimento laboral foi constituída por três variáveis de medida. Os resultados existentes na literatura sobre pesquisas que procuram relações idênticas mostram resultados discordantes. Os dados obtidos no estudo não demonstraram diferenças estatísticas significativas nos níveis de perceção sobre o envolvimento laboral nos enfermeiros do género feminino, quando comparados com os do género masculino, para o contexto em questão.

Palavras-chave


igualdade de género; administração hospitalar; percepções dos colaboradores; recursos humanos; envolvimento laboral

Texto completo:

PDF


 

Revista Latino-americana de Geografia e Gênero  - UEPG
Fone: +55 (42) - 3220 - 3046
E-mail: generogeo@gmail.com