Glocal: a globalização nos processos de identidade, território e justiça social

Benjamin Vanderlei dos Santos

Resumo


A globalização é um processo que marcou fortemente o final do século XX e início do século XXI. Com a avanço das linhas de transmissão, a comunicação se tornou um processo rápido e prático, estreitando fronteiras de contato ao mesmo tempo que tornou mais explícitas as diferenças entre os indivíduos. A partir da metodologia de revisão bibliográfica, o presente artigo trata sobre como a globalização, enquanto processo, tem influência nos aspectos identitários, nas relações de território e como se pensar a justiça social diante destas transformações de acordo com a teoria de Nancy Fraser.  

 

Palavras-chave


globalização, identidade, território, justiça social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/Rlagg.v.9.i2.0017

 

Revista Latino-americana de Geografia e Gênero  - UEPG
Fone: +55 (42) - 3220 - 3046
E-mail: generogeo@gmail.com