Geografia, paisagem e corpo: o corpo enquanto parte do processo de ressignificação do ensino da geografia

Ana Flor Fernandes Rodrigues, Rairan de Almeida Silva

Resumo


O presente artigo tem a intenção de ecoar uma perspectiva de se trabalhar a geografia, geografia e paisagem a partir da visão do corpo. Paisagem sempre teve um conceito positivista, ou seja, elemento estático, um conjunto de processos ecológicos. No nosso texto discorreremos outra perspectiva de paisagem, atualmente conhecida como uma abordagem holística, adentrando em aspectos multiculturais. Além de trazer conceitos trabalhados por Foucault sobre o corpo, de corpo como instrumento político. Fazendo assim, um encadeamento entre paisagem e corpo. E, a partir disso, mostrar como o ensino da geografia pode se dar de um outro olhar. Em suma, o artigo tentará tecer uma linha de ideias sobre esses conceitos, de paisagem dentro da geografia e corpo como paisagem. 


Palavras-chave


geografia, paisagem, corpo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/Rlagg.v.9.i2.0015

 

Revista Latino-americana de Geografia e Gênero  - UEPG
Fone: +55 (42) - 3220 - 3046
E-mail: generogeo@gmail.com