Sexualidade e Inclusão no Espaço Escolar: Um Debate com Base na Perspectiva Omnilética

Leandro Teofilo de Brito, Mônica Pereira dos Santos

Resumo


Problematizamos, neste artigo, inclusão como um processo, assim como a relação dialética dos termos inclusão/exclusão. Neste sentido, categorias como gênero, sexualidade, deficiência, classe, raça, geração, entre outros marcadores sociais da diferença, mostram-se suscetíveis a processos de inclusão/exclusão em variados âmbitos de nossa sociedade, em particular no escolar. Através de pesquisa do tipo etnográfica, realizada em uma escola pública no estado do RJ, focalizamos a categoria sexualidade, buscando compreender como a mesma se fazia presente e era reconhecida neste espaço. Constatamos que a sexualidade, no contexto da pesquisa, se mostrou dentro de um paradoxo, pois convergências e divergências se fizeram presentes nas formas em que os sujeitos no contexto da escola investigada mostravam-se diante de tais questões.


Palavras-chave


sexualidade, inclusão/exclusão, escola

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/Rlagg.v.9.i1.0003

 

Revista Latino-americana de Geografia e Gênero  - UEPG
Fone: +55 (42) - 3220 - 3046
E-mail: generogeo@gmail.com