Juventude, Agricultura Familiar e Gênero: Um Olhar a partir das Estudantes Matriculadas na UFFS (Campi Realeza/PR e Erechin/RS)

Márcio Freitas Eduardo, Daiana Carla Bordulis, Merce Paula Müller

Resumo


Através do arcabouço teórico da Geografia, o objetivo do presente artigo consiste em trazer à tona o debate do gênero em sua relação com a agricultura familiar, a juventude e a questão agrária no recorte de abrangência da UFFS, nos campi Erechim, RS e Realeza, PR. Os estudos intencionaram traçar um paralelo entre os problemas enfrentados na agricultura familiar regional em sua relação com as decisões que implicaram 1) na desterritorialização das jovens rurais e com 2) as perspectivas de permanência destas em seus espaços rurais de origem, no movimento de 3) acesso ao Ensino Público de nível Superior. Para tanto, com base em metodologias quanti-qualitativas, foram pesquisadas um total de 90 mulheres, jovens de origem rural.

Palavras-chave


geografia, gênero, cultural

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/Rlagg.v.8.i2.0003

 

Revista Latino-americana de Geografia e Gênero  - UEPG
Fone: +55 (42) - 3220 - 3046
E-mail: generogeo@gmail.com