Entre o desenvolvimentismo e a fome: percursos da ASCOFAM no Nordeste dos anos JK

Augusto César Gomes de Lira, Paulo Raphael Pires Feldhues

Resumo


Neste estudo aborda-se a atuação da Associação Mundial de Combate à Fome (ASCOFAM) no Nordeste brasileiro. Sob o contexto ideológico do desenvolvimentismo que marca o governo Kubitschek (1956-1961), busca-se identificar os percursos desta associação de Genebra em solo brasileiro, demarcando suas aproximações com o governo federal e a classe industrial na perseguição de seus objetivos de combate à fome. A partir do cruzamento entre fontes primárias e literatura especializada, conclui-se que a ASCOFAM foi ator político relevante no lobby de combate à fome na região Nordeste durante o período, contribuindo para oferecer notoriedade ao tema da fome na região a partir de um novo viés, que não aquele de fenômeno natural irresoluto.


Palavras-chave


ASCOFAM; Nordeste; Josué de Castro; Fome; Desenvolvimentismo

Texto completo:

PDF


 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia