Unir e dividir: as controvérsias em torno da organização político-administrativa do território na Província de Minas Gerais (1825-1834)

Renata Silva Fernandes

Resumo


Neste artigo, propomos uma análise da organização político-administrativa do território na província de Minas Gerais entre 1825 e 1834, considerando, sobretudo, a divisão das unidades administrativas locais básicas, as municipalidades. Para tanto, utilizaremos os debates e resoluções sobre o assunto engendrados no âmbito do executivo provincial (Presidentes e Conselho de Governo) e do Conselho Geral, instituições provinciais criadas no período pós-emancipação política do Brasil que se viram encarregadas de mediar uma série de tensões advindas de antigas e novas demandas relativas à organização interna do território.

Palavras-chave


Território; Minas Gerais; Conselho Geral de Província; Conselho da Presidência; Império do Brasil

Texto completo:

PDF


 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia