A política educacional e seus desafios na pesquisa: o caso do Brasil

Nora Krawczyk

Resumo


Resumo: Pesquisar política educacional e/ou políticas educacionais não é uma tarefa fácil, principalmente pela multiplicidade de disciplinas necessárias para seu estudo. Este artigo propõe oferecer alguns elementos de análise das tendências da pesquisa em política educacional nas últimas décadas no Brasil. Para isso, serão discutidos o campo da política educacional, o diálogo entre diferentes disciplinas, as diferentes abordagens, os temas e os contextos de produção.

 

Palavras-chave: Política educacional. Brasil. Historicidade.

 

Education policy and its research challenges: the case of Brazil

 

Abstract: Researching education policy and/or education policies is not an easy task, mainly because of the multiplicity of disciplines necessary for its/their study. This paper proposes to offer some elements of analysis of research trends in education policy in the last decades in Brazil. For that, the field of education policy, the dialogue between different disciplines, the different approaches, themes and contexts of production will be discussed.

 

Keywords: Education policy. Brazil. Historicity.

 

La política educativa y sus desafíos en la investigación: el caso de Brasil

 

Resumen: Investigar política educativa y/o políticas educativas no es una tarea fácil, principalmente, por la multiplicidad de disciplinas necesarias para su estudio. Este artículo propone ofrecer algunos elementos de análisis de las tendencias de la investigación en política educativa en las últimas décadas en Brasil. Para eso, serán discutidos el campo de la política educativa, el diálogo entre diferentes disciplinas, los diferentes enfoques, los temas y los contextos de producción.

 

Palavras clave: Política educativa. Brasil. Historicidad.


Texto completo:

PDF

Referências


BALL, S. Big polices/small world: an introduction to international perspectives in education policy. Comparative Education, v. 34, n. 2, p. 119-130, 1998. DOI: https://doi.org/10.1080/03050069828225

BARROSO, J. A utilização do conhecimento em política: o caso da gestão escolar em Portugal. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 109, set./dez. 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/s0101-73302009000400004

BARROSO, J. O Estado e a Educação: a regulação transnacional, a regulação nacional e a regulação local. In: BARROSO, J.; VISEU, S. (Orgs). A regulação das políticas públicas de Educação: espaços, dinâmicas e actores. Lisboa: Educa/Unidade de I&D de Ciências da Educação, 2006. p. 41-70.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.

CARVALHO, L. M. O PISA como dispositivo de conhecimento & política. In: CARVALHO, L. M. (Org.). O espelho do perito. Inquéritos internacionais, conhecimento e política em educação: o caso do PISA. Lisboa: Fundação Manuel Leão, 2011. p. 11-40.

CURY, C. R. J. Graduação/Pós-Graduação: a busca de uma relação virtuosa. Educação & Sociedade, Campinas, v. 25, n. 88, p. 777-793, out. 2004. DOI: https://doi.org/10.1590/s0101-73302004000300007

DELVAUX, B. Qual é o papel do conhecimento na acção pública? Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 109, set./dez. 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/s0101-73302009000400003

KRAWCZYK, N. Conhecimento crítico e política educacional: um diálogo difícil, mas necessário. In: KRAWCZYK, N. (Org.). Sociologia do Ensino Médio: crítica ao economicismo na política educacional. São Paulo: Cortez, 2014. p. 13-32.

KRAWCZYK, N. Pesquisa comparada em educação na América Latina: situações e perspectiva. Educação Unisino, São Paulo, v. 17, n. 3, p. 199-204, set./dez. 2013. DOI: https://doi.org/10.4013/edu.2013.173.03

KRAWCZYK, N.; MORAES, R. C. C de. Estudos comparados, projeto histórico e análise de políticas públicas. Entrevista com Hugo Zemelman. Educação & Sociedade, Campinas, v. 24, n. 82, p. 311-320, abr. 2003. DOI: https://doi.org/10.1590/s0101-73302003000100022

KRAWCZYK, N.; VIEIRA V. L. Uma perspectiva histórico-sociológica da Reforma Educacional na América Latina: Argentina, Brasil, Chile e México nos anos 1990. Brasilia: Liberlivro, 2012.

MARRADI, A.; ARCHENTI, N.; PIOVANI, J. Metodología de las Ciencias Sociales. Buenos Aires: Emecé, 2007.

MORDUCHOWICZ, A. Discusiones de economia de la educación. Buenos Aires: Losada, 2003.

NÓVOA, A. “Modelos de análise em educação comparada: o campo e a carta”. Tradução do artigo publicado na revista Les Sciences de l’education pour l’ère nouvelle, n. 2-3, 1995.

PIOVANI, J. I.; KRAWCZYK, N. Los Estudios comparativos: algunas notas históricas, epistemológicas e metodológicas. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 42, n. 3, p. 821-840, jul./set. 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-623667609




DOI: http://dx.doi.org/10.5212/retepe.v.4.003

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa

       

Resultado de imagem para relepe

_______________________________________________________________________

Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa

ISSN 2409-3696

 

Licencia Creative Commons Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución 4.0 Internacional.