Pesquisa em Políticas Educacionais: escolhas temáticas e fontes em debate (2000-2010)

Antonia Almeida Silva, Márcia Aparecida Jacomini

Resumo


Resumo: O estudo problematiza as características das pesquisas de mestrado e doutorado e seus delineamentos quanto às escolhas temáticas e às fontes de pesquisa no campo das políticas educacionais. Para isso, valemo-nos de um banco de teses e dissertações defendidas no período de 2000 a 2010 em programas de pós-graduação em educação no Brasil, organizado por duas pesquisas desenvolvidas entre 2012 e 2017, o que permite o debate entre achados empíricos e análises de autores influentes na área, identificados como aqueles mais referidos nas produções. As análises empreendidas dialogam com os diagnósticos da escassa acumulação de conhecimento, a abundância de estudos setoriais e sem a verticalização desejada. Os resultados apontam dispersão temática, com estudos focados em políticas educacionais determinadas, sobretudo aquelas de períodos recentes. As principais fontes utilizadas pelos pós-graduandos foram os documentos oficiais sobre as ações dos governos e a legislação, especialmente a educacional.


Palavras-chave: Escolhas temáticas. Fontes de Pesquisa. Campo Acadêmico. Políticas Educacionais.


Research in Educational Policies: thematic choices and sources in debate (2000-2010)


Abstract: The study problematizes the characteristics of master's and doctoral research and their delineations regarding thematic choices and research’s sources in the field of educational policies. In order to accomplish this, we use a database of theses and dissertations presented from 2000 to 2010 in Postgraduate Programs of Education in Brazil, organized by two research projects developed between 2012 and 2017, which allows the debate between empirical findings and analyzes of influential authors in the area, identified as those most mentioned in the productions. The analysis made dialogue with the diagnostics of the scarce accumulation of knowledge, the abundance of sectorial studies and without the desired verticalization. The results point to thematic dispersion, with studies focusing on specific educational policies, especially those of recent periods. The main sources used by post-graduate students were official documents on government actions and legislation, especially on education.


Keywords: Thematic choices. Academic field. Research’ sources Educational Policies.


Investigación en Políticas Educacionales: escuelas temáticas y fuentes en debate (2000-2010)


Resumen: El estudio problematiza las características de las investigaciones de maestría y doctorado y sus delineamientos en cuanto a las elecciones temáticas ya las fuentes de investigación en el campo de las políticas educativas. Para ello, nos valemos de un banco de tesis y disertaciones defendidas en el período 2000 a 2010 en programas de postgrado en educación en Brasil, organizado por dos investigaciones desarrolladas entre 2012 y 2017, lo que permite el debate entre hallazgos empíricos y análisis de autores influyentes en el área, identificados como aquellos más referidos en las producciones. Los análisis emprendidos dialogan con los diagnósticos de la escasa acumulación de conocimiento, la abundancia de estudios sectoriales y sin la verticalización deseada. Los resultados apuntan dispersión temática, con estudios enfocados en políticas educativas determinadas, sobre todo aquellas de períodos recientes. Las principales fuentes utilizadas por los postgraduados fueron los documentos oficiales sobre las acciones de los gobiernos y la legislación, especialmente la educativa.


Palabras clave: Elecciones temáticas. Campo académico. Fuentes de investigación. Políticas Educativas.


Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, J. M. L. de. A educação como política pública. Campinas, SP: Autores Associados, 1997.

AZEVEDO, J. M. L.; AGUIAR, M. A. da S. Políticas de educação: concepções e programas. In: WITTMANN, L. C.; GRACINDO, R. V. (Orgs.). O estado da arte em política e gestão da educação no Brasil (1991-1997). Campinas: Autores Associados, 2001, p. 71-108.

BELLO, I. M; JACOMINI, M. A.; MINHOTO, M. A. P. Produção acadêmica em política educacional no Brasil: análises de teses e dissertações (2000-2010). In: SILVA, A. A; JACOMINI, M. A. (Orgs.). Políticas em políticas educacionais: características e tendências. Feira de Santana: UEFS Editora, 2016. p. 63-92

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Planilhas comparativas de avaliação trienal /CAPES /2010. Brasília, DF: CAPES, 2010. Disponível em:< www.capes.gov.br>. Acesso em: 17 e 18 maio 2011.

CELLARD, A. A análise documental. IN: POUPART, J. et al. (Orgs.). Pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Vozes, 2008.

KRAWCZYK, N. Pesquisa e formação em política educacional: um desafio interdisciplinar. Olhares, Guarulhos, v. 3, n. 2, p. 8-14, nov. 2015.

LESSARD, C. Pesquisa e políticas educativas. In: ZANTEN, A. V. (Org.) Dicionário de educação. Petrópolis: Vozes, 2011.

LIBÂNEO, J. C. Alguns aspectos da política educacional do governo Lula e sua repercussão no funcionamento das escolas. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 32, p. 168-178, dez. 2008.

MELO, M. A. Estado, governo e políticas públicas. IN: MICELI, S. (Org.). O que ler na ciência social brasileira (1970-1995). 2. ed. São Paulo: Sumaré: ANPOCS; Brasília, DF: CAPES, 1999.

MULLER, P; SUREL, Y. A análise das políticas públicas. Pelotas: Educat, 2002.

PALUMBO, D. J. A abordagem de política pública para o desenvolvimento político na América. In: SOUZA, E. C. B. M. de (Org.). Avaliação e formulação de políticas públicas em educação: leituras complementares. Brasília: MEC/UnB, 1998. p. 35-62.

PARO, V. H. Políticas educacionais: considerações sobre o discurso genérico e a abstração da realidade. In: DOURADO, L. F.; PARO, V. H. (Orgs.). Políticas públicas e educação básica. São Paulo: Xamã, 2001. p. 29-48

SEPULVEDA, J. A. M. O papel da Escola Superior de Guerra na projeção do campo militar sobre o campo educacional. 2010. 238 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2010.

SILVA, A. A. (Coord.) et al. Produção acadêmica em políticas educacionais no Brasil - 2000-2010: dados dos programas conceito 5 ou mais. [Banco de dados]. Pesquisa financiada pelo CNPq, Edital/Chamada CNPq/CAPES nº 07/2011. Feira de Santana: Cede, 2014. Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2016.

SILVA, A. A.; JACOMINI, M. A. Introdução. In: SILVA, A. A.; JACOMINI, M. A. (Orgs.) Pesquisa em políticas educacionais: características e tendências. Feira de Santana: UEFS, 2016a. p. 13-32.

SILVA, A. A.; JACOMINI, M. A. Escolhas políticas e (re)direcionamentos epistemológicos: um panorama das teses e dissertações. In: SILVA, A. A; JACOMINI, M. A. (Orgs). Políticas em políticas educacionais: características e tendências. Feira de Santana: UEFS Editora, 2016b. p. 93-122.

SOUZA, C. Políticas públicas: uma revisão de literatura. Sociologias, Porto Alegre, ano 8, n. 16, p. 20-45, jul./dez. 2006. DOI: https://doi.org/10.1590/s1517-45222006000200003

TELLO, C.; MAINARDES, J. Revistando o enfoque das epistemologias da política educacional. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 10, n. 1, p. 153-178, jan./jun. 2015. DOI: https://doi.org/10.5212/praxeduc.v.10i1.0007

TELLO, C.; MAINARDES, J. La posición epistemológica de los investigadores en Política Educativa: debates teóricos en torno a las perspectivas pos-estructuralista, neo-marxista y pluralista. Revista Archivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 20, n. 9, p. 1-31, mar. 2012. DOI: http://dx.doi.org/10.14507/epaa.v20n9.2012

VIEIRA, C. E. Jornal diário como fonte e como tema para a pesquisa em História da Educação: um estudo da relação entre imprensa, intelectuais e modernidade nos anos de 1920. IN: OLIVEIRA, M. A. T. de (Org.). Cinco estudos em História e Historiografia da Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007. p. 11-40.




DOI: http://dx.doi.org/10.5212/retepe.v.4.002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa

       

Resultado de imagem para relepe

_______________________________________________________________________

Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa

ISSN 2409-3696

 

Licencia Creative Commons Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución 4.0 Internacional.