ANÁLISE DA PROPAGAÇÃO DOS ERROS MÉDIOS EM PONTOS GEORREFERENCIADOS IRRADIADOS SEGUNDO FUNÇÕES NÃO LINEARES

Mauro Menzori, Vitor Eduardo Molina Jr

Resumo


Nos serviços de georreferenciamento de imóveis é possível utilizar vários métodos de posicionamento e lançar mão de instrumentos com classes diferentes para que as precisões solicitadas pelas normas sejam atendidas. Este artigo discorre sobre a aplicação da Lei de Propagação dos Erros Médios segundo funções não lineares para obter as precisões das coordenadas de pontos irradiados a partir de vértices de poligonal que possuem coordenadas com precisões conhecidas. O estudo de caso refere-se a uma situação corriqueira na execução de serviços de georreferenciamento, na qual as coordenadas dos pontos da linha base e do ponto de divisa irradiado são obtidas utilizando diferentes métodos e equipamentos. No caso em questão, a linha base foi medida utilizando receptores GNSS e o ponto irradiado foi medido com uma estação total. O roteiro empregado na análise dos erros médios propagados nas coordenadas do ponto irradiado foi estendido para algumas situações simuladas considerando o uso de estações totais com diferentes precisões angulares e variando as extensões das distâncias até que se registrasse alguma alteração expressiva na precisão das coordenadas do ponto irradiado, em relação à precisão das coordenadas do vértice da linha base. Desta forma, o estudo aborda o método empregado na teoria dos erros para a obtenção da precisão de coordenadas de um ponto irradiado utilizando como guia a propagação de erros médios e mostra que dentro de certas distâncias limite a precisão das coordenadas do ponto irradiado permanecem iguais à precisão das coordenadas do vértice da linha base empregadas para medi-lo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.