ESTUDO COMPARATIVO DE DIFERENTES MÉTODOS DE DOSAGEM DE CONCRETOS CONVENCIONAIS

Berenice Martins Toralles, Álisson Franco do Couto, Geovana Souza Ferreira Nogueira, Gersson Fernando Barreto Sandoval, Guilherme Perosso Alves, Isabela Cristina de Souza, Rafaella Salvador Paulino

Resumo


Um método de dosagem de concretos consiste em um estudo direcionado para a escolha dos seus materiais constituintes e a fixação das devidas proporções na mistura, em função de uma propriedade previamente requerida. O objetivo do presente trabalho foi comparar, por meio teórico e prático, os aspectos funcionais e operacionais dos métodos de dosagem para concretos convencionais da ABCP, O'Reilly e IPT, para uma resistência característica à compressão fixada em 25MPa. Para isso, foi verificado o abatimento real de concretos produzidos por esses métodos e resistência à compressão axial aos 7 e 28 dias de idade. Com base nos resultados, os métodos da ABCP e O’Reilly apresentaram traços muito semelhantes e produziram concretos com fc28 superiores aos 31,6MPa requeridos para atender à premissa de um concreto com fck = 25MPa e desvio padrão (Sd) de 4,0MPa. Já o concreto produzido pelo método do IPT apresentou consumo de cimento consideravelmente inferior aos demais. Esse fato indica que o método do IPT, embora sua aplicação seja tecnicamente mais trabalhosa, tem capacidade de melhor explorar as características dos materiais utilizados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.