A Gestão do Fator Humano nas Pequenas Empresas do Subsetor de Edificações

claudio mendes, Luiz Carlos Brasil Brito Mello

Resumo


No Brasil o predomínio no setor da construção civil é de construtoras de pequeno porte (95,8%). A relevância desse segmento do setor impõe a necessidade de desenvolvimento e implementação de novas práticas de gestão, principalmente daquelas voltadas aos seus Recursos Humanos, permitindo a essas pequenas empresas aumentar o nível de excelência e qualidade dos seus produtos, adequando-se, assim, às novas exigências do mercado. A pesquisa que alicerça o presente artigo foi realizada em um conjunto de empresas de pequeno porte da indústria da construção civil, subsetor de edificações, visando identificar como a gestão dos Recursos Humanos é realizada; o perfil dos seus gestores; a estrutura organizacional adotada e quais as principais características presentes na gestão do fator humano nessas empresas. Os autores apresentam os principais fatores e ações que caracterizam a gestão do fator humano nessas empresas, consolidam a importância da metodologia utilizada estimulando os gestores e, principalmente, à alta direção, a repensarem os atuais modelos gerenciais adotados A partir da compreensão desses conceitos são apresentados os dados coletados através da pesquisa que evidenciam a importância desse tema.

Palavras-chave: Fator Humano; Modelos de Gestão; Competitividade; Recursos Humanos; Subsetor de Edificações.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.