Smartphone como extensão simbiótica do jornalista: uma reflexão das relações homem-máquina na produção de notícias móveis

Marcio Kaviski, Monica Cristine Fort

Resumo


O presente artigo pretende discutir os conceitos da Escola de Toronto, mais especificamente o de McLuhan (1964) dê que os meios de comunicação funcionam como extensões do homem. Além disso, o trabalho se norteia pelo trabalho de Mark Deuze (2013) para formular e debater a relação simbiótica entre jornalista e dispositivo na produção de notícias móveis. A relação entre as teorias configura uma nova maneira de refletir e compreender esse elo entre o profissional do jornalismo e o dispositivo móvel. Conclui-se que devemos pensar essas relações em três esferas distintas. A esfera de produção (jornalistas), de distribuição (conglomerados de comunicação) e a esfera de meio (dispositivos). 


Palavras-chave


Jornalismo Móvel; Smartphone; Simbiose.

Texto completo:

PDF
';



Indexadores: LatindexIBICT/ SEERREVIScomDiadorim; EBSCO; Dialnet; Doaj

Creative Commons BY-SA 3.0 - Revista Pauta Geral - estudos em jornalismo 2014 - 2018, periódico científico do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UEPG: É permitido copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato, remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial, desde que citada a fonte. Aqueles que o fizerem, devem manter o mesmo padrão de direito autoral.