“13 Reasons Why”: o debate sobre o suicídio à tona na mídia brasileira

Cláudio Bertolli Filho, Ana Carolina Pontalti Monari

Resumo


Este artigo tem como objetivo investigar a problemática do suicídio na mídia brasileira por meio da análise da cobertura dos portais BBC, Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo sobre a série norte-americana “13 Reasons Why”. A obra foi disponibilizada em 31 de março de 2017 pela plataforma de streaming Netflix e aborda as razões que culminaram a morte autoprovocada da adolescente Hannah Baker. Para o estudo, foram utilizados os conceitos divulgados pelo documento Prevenção do Suicídio: Um Manual Para Profissionais da Mídia, da Organização Mundial da Saúde.

Palavras-chave


Jornalismo; cobertura midiática; processos jornalísticos

Texto completo:

PDF
';



Indexadores: LatindexIBICT/ SEERREVIScomDiadorim; EBSCO; Dialnet; Doaj

Creative Commons BY-SA 3.0 - Revista Pauta Geral - estudos em jornalismo 2014 - 2018, periódico científico do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UEPG: É permitido copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato, remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial, desde que citada a fonte. Aqueles que o fizerem, devem manter o mesmo padrão de direito autoral.