O hibridismo na obra Selva Trágica, de Hernâni Donato

Avelino Ribeiro Soares Jr.

Resumo


Este artigo se propõe a analisar o caráter híbrido da narrativa Selva Trágica ([1956] 2011), do escritor e também historiador Hernâni Donato. Para tanto, iremos nos valer de um aporte teórico capaz de dialogar com as questões levantadas pelo objeto de nossa análise, ou seja, uma bibliografia que contemple a discussão acerca do locus descrito na obra de Donato, como também sua natureza fronteiriça muito presente e exposta ao longo de suas páginas. Demonstraremos através de exemplos extraídos da própria narrativa, como se compunha a mescla linguística fruto da junção entre português, espanhol e também o guarani que se faz presente em toda a obra. Desta forma, a escolha do objeto se justifica pelo fato da narrativa de Donato contemplar o hibridismo presente na fronteira Brasil-Paraguai, que, como demonstraremos, contempla com eficácia não apenas a heterogeneidade presente nesta região, como também é um ótimo exemplo de como se dá um encontro de culturas.


Texto completo:

PDF