A BUSCA DO LUCRO DO INOVADOR ATRAVÉS DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS ENQUADRADAS NO SIMPLES

Divonsir de Jesuz da Silva Dutra, Kazuo Hatakeyama, Hélio Gomes de Carvalho, Antonio Carlos de Francisco

Resumo


A gestão do conhecimento como fator de inovação e de diferenciação pode ser utilizada pelas micros e pequenas empresas através do tratamento diferenciado e favorecido proporcionado pelo Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (SIMPLES). A redução dos impostos e contribuições torna as empresas mais competitivas, pois fazem parte do custo total. Se apropriado e investido na gestão do capital intelectual proporciona inovações que viabilizam novos investimentos na gestão, gerando um novo lucro derivado da inovação. O presente trabalho tem como objetivo a análise do impacto do SIMPLES na competitividade das micros e pequenas empresas num ambiente de concorrência perfeita e de concorrência monopolística. A metodologia utilizada no desenvolvimento foi a revisão bibliográfica pela qual se embasou a análise da Lei que originou o sistema. Os principais resultados encontrados foram: as empresas enquadradas no SIMPLES que não repassam as vantagens para os preços apropriam-se de lucros adicionais; as que repassam as vantagens para os preços são competitivas via preços; as que investem o lucro adicional buscam a diferenciação através da inovação, competindo com o produto, apropriando-se do lucro do inovador. O SIMPLES viabiliza a diferenciação, visando à monopolização temporária do mercado.


Palavras-chave


diferenciação; sobrelucro; lucro adicional; lucro do inovador

Texto completo:

Artigo


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/publ.humanas.v13i2.547