A EDUCAÇÃO DO NOVO MILÊNIO E A IDEOLOGIA DA TERCEIRA VIA Doi: 10.5212/PublicatioHuma.v.21i1.0003

Eduard Angelo Bendrath

Resumo


O conceito de Terceira Via, movimento teórico que tenta romper com a polarização entre liberalismo e socialismo, apresenta indicativos de união entre ambas correntes, através de idéias e perspectivas, tanto no campo econômico, quanto no social. A análise de sua constituição epistemológica remete a feições de cunho neoliberal com proposições sociais, caracterizada de “social-democracia” que podem, dentre outros campos, influenciar o movimento educacional no novo milênio. Dentro dessa perspectiva, esse texto visa relacionar as abordagens políticas da Terceira Via, com as propostas educacionais conclamadas pelos organismos internacionais nas últimas décadas, justificado pelo crescente interesse governamental na adoção de políticas públicas concomitantes que valorizem a participação civil e o desenvolvimento econômico. Como procedimento adotou- se uma análise teórica sobre as publicações da UNESCO que fundamentam sua concepção de educação e correlacionou-os a partir da abordagem teórica da Terceira Via defendida por Anthony Giddens. Observaram-se indicativos de aproximação entre ambas as políticas, fortalecendo o discurso de um panorama educacional global alinhado ao fluxo de desenvolvimento econômico.


Palavras-chave


Terceira Via. Liberalismo. Política Internacional. Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/publ.humanas.v21i1.3682