A EJA E A ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA ELVIRA NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/PublicatioHum.v.18i1.00002

Rita de Cássia Oliveira, Paola Andresssa Scortegagna, Flávia da Silva Oliveira

Resumo


O contexto atual revela uma sociedade em constante movimento, com intensas mudanças sociais, políticas, econômicas e culturais, apresentando num ritmo aceleradonovos desafios e possibilidades para a população. Nesta realidade, a educação se insere como um poderoso instrumento de modernização e avanço social. Diante disso, o presente trabalho objetiva uma reflexão sobre a educação de jovens e adultos(EJA) no Brasil, focando em especial a criação e implementação da EJA na Escola Municipal Professora Maria Elvira Justus Schimidt, a qual se encontra na zona rural do município de Ponta Grossa - Paraná. A pesquisa também tem como objetivo identificar o perfil dos alunos que frequentam essa modalidade de educação na referida escola. A investigação partiu de uma pesquisa bibliográfica, documental, descritiva e interpretativa. Como instrumentos foram utilizados questionários, os quais foram aplicados aos alunos da educação de jovens e adultos da escola pesquisada. Como resultado, constatou-se que os alunos entrevistados têm consciência da importância que o conhecimento sistemático possui em suas vidas e também em seu trabalho, possibilitando a melhoria das condições de ascensão na carreira ou a busca de uma melhor oportunidade. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas por esses alunos, percebe-se sua perseverança em procurar uma escola e continuar a trajetória estudantil, um dia interrompida por diversos fatores. Comprova-se, então, que os alunos da EJA possuem grande interesse pelos estudos, visualizando a possibilidade de superação das difi culdades e adversidades por meio da educação. Percebe-se que a EJA constitui uma modalidade de educação cada vez mais reconhecida socialmente e considerada pelos alunos como possibilidade de resgate da cidadania e ascensão social e profissional.

 


Palavras-chave


Educação de jovens e adultos; Educação permanente; Política educacional;

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/publ.humanas.v18i1.2905