PLANEJAMENTO FAMILIAR E MÉTODOS CONTRACEPTIVOS: PERCEPÇÕES DE PUÉRPERAS FRENTE À GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

Angélica Gualdezi, Ana Paula Xavier Ravelli, Suellen Vienscoski Skupien, Lara Simone Messias Floriano

Resumo


Este artigo trata de pesquisa qualiquantitativa descritiva que objetiva revelar o conhecimento de puérperas adolescentes participantes do projeto Consulta de Enfermagem no Pré-Natal e Pós-Parto sobre planejamento familiar e métodos contraceptivos. As participantes foram 10 (dez) adolescentes vivenciando o Pós Parto. Foi aplicado questionário estruturado e a análise de conteúdo foi realizada segundo Bardin. Os resultados caracterizaram as adolescentes com idade média de 16,9 anos, a maioria solteiras, que abandonaram os estudos e não trabalhavam. A primeira relação sexual deu-se com média de idade em 14,7 anos, e, quanto ao perfil obstétrico, destacamse as primíparas e parto normal, pré natal com mais de 6 consultas. O planejamento da gestação foi realizado por 50% das adolescentes, porém não souberam definir o que é planejamento familiar - as que souberam não envolveram sexualidade segura. O conhecimento dos métodos contraceptivos chegou a todas as adolescentes, destacandose o anticoncepcional oral e o preservativo masculino. Cabe aos profissionais da saúde, portanto, acolher os adolescentes na atenção primária visando seduzi-los para inserção aos programas de planejamento familiar para sexualidade saudável, minimizando riscos ao surgimento de Doenças Sexualmente Transmissíveis e gravidez não planejada.

 


Palavras-chave


Enfermagem. Adolescente. Planejamento Familiar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/publicatio%20uepg.v22i2.8875


O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.