ANÁLISE DE SOLUÇÕES AQUOSAS MAGISTRAIS DE CURCUMA ZEDOARIA (BERGIUS) ROSCOE

Airton Vicente Pereira, Paulo Vitor Farago, Fabiana Postiglione Mansani Pereira, Flávia Salles de Brito, Vivian Ferrari Lima Scaranello

Resumo


As soluções aquosas obtidas a partir do extrato hidroalcoólico de Curcuma zedoaria são empregadas como coadjuvantes no controle da placa bacteriana dental e da gengivite, apresentando significativa ação antiinflamatória e antimicrobiana. O objetivo do presente trabalho é a análise comparativa entre o extrato fluido e as nove soluções aquosas a 7,1% de C. zedoaria, obtidas de três diferentes Farmácias Magistrais (A, B e C) da cidade de Ponta Grossa, visando a determinação da presença de componentes químicos por meio de estudo cromatográfico (CCD – cromatografia em camada delgada) e a verificação de propriedades físico-químicas (pH e teor alcoólico). Tem também a finalidade de avaliar as características organolépticas e a adequação do material de acondicionamento. As amostras relativas à Farmácia A revelaram valores de pH muito inferiores ao recomendado. Com relação ao teor alcoólico, todas as amostras estavam adequadas para formulações aplicadas na mucosa bucal. Os sistemas cromatográficos empregados permitiram observar que, apesar da maioria das amostras apresentarem os mesmos componentes dos padrões, a intensidade variou consideravelmente, mesmo em relação às amostras de uma mesma Farmácia. Avaliando-se as características sensoriais das soluções aquosas a 7,1% de C. zedoaria, observou-se que a Farmácia B foi a que melhor atendeu aos critérios organolépticos.

Palavras-chave: Curcuma zedoaria, Farmácias Magistrais, controle de qualidade

Texto completo:

Artigo


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/publicatio%20uepg.v10i2.386


O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.