ANÁLISE DE CONDUTAS E POSTURAS DOS ACADÊMICOS DE ODONTOLOGIA COM PREDISPOSIÇÃO À SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO - DOI: 10.5212/Publ.Biologicas.v.17i1.0007

Anelice Calixto Ruh, Danúbia de Jesus Teider, Sylvio Reynaldo Schleder

Resumo


A Síndrome do Túnel do Carpo (STC) é uma compressão nervosa que afeta os membros superiores que pode ser ocasionada por movimentos repetitivos do punho e dedos, extrema flexão e extensão do punho, contração forçada dos tendões que se deslocam pelo túnel, trabalho muscular estático, vibrações, mau posicionamento no trabalho e não conformidades ergonômicas. Por esses fatores se enquadrarem à prática profissional de odontologia, muitos apresentam uma perda da funcionalidade de seu punho e dedos, comprometendo seus atendimentos. Este trabalho objetiva detectar e analisar os métodos e as abordagens utilizadas pelos acadêmicos de Odontologia no modo de realizar seus atendimentos e orientar quanto à prevenção de futura instalação da STC, com a distribuição de material informativo sobre alongamentos dos membros superiores. Foram aplicados questionários a 80 acadêmicos do último ano do curso de Odontologia da UEPG, e do CESCAGE, com faixa etária entre 20 e 25 anos e praticando a disciplina de clínica integrada. Na amostra pesquisada, 45% (n = 36 acadêmicos) eram do sexo masculino e 55% (n = 44) do sexo feminino. Foram pesquisadas as variáveis em relação à prática de outra atividade profissional, os sintomas correlatos que constam no questionário utilizado no trabalho (Apêndice I), além da realização dos testes específicos (Tínel e Phalen). Após tratamento dos dados estatísticos e acompanhamento nos laboratórios de prática, observou-se que os sintomas que predispõem a STC apresentam prevalência no sexo feminino. Isso se explica devido à realização de outras atividades concomitantes à prática acadêmica e o risco ergonômico, de acordo com o check list para avaliação simplificada dorisco de ocorrência de Lesões por Esforços Repetitivos/Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho, aponta como resultado altíssimo risco de LER/DORT.


Palavras-chave


Síndrome do Túnel do Carpo. Odontologia. DORT. Ergonomia. Prevenção.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/publicatio%20uepg.v17i1.3449


O CONTEÚDO DOS ARTIGOS É DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DOS AUTORES.