OS FILMES INFANTIS COMO ELEMENTOS DE CONSTRUÇÃO DE IDENTIDADES DE GÊNERO: UM ESTUDO A PARTIR DA ANÁLISE DAS PRINCESAS DA DISNEY

Hortência Fabeni dos Santos

Resumo


O estudo apresentado neste artigo, que se baseia em pesquisas culturais, teve como objetivo analisar produções cinematográficas, da chamada Indústria Cultura, como uma importante instância educativa da sociedade contemporânea, pois estas constroem valores e expectativas sociais para os indivíduos. Caracterizados como produtores e reprodutores de identidades e práticas, os filmes, propostos por este estudo, são voltados para o público infantil e representam um importante mecanismo de influência, direta e indireta, na vida das crianças, para a produção e construção de identidades culturais e, de modo específico, de identidades de gênero. O presente estudo buscou problematizar como filmes da conhecida indústria de animação dos Estúdios Walt Disney, como “Branca de Neve e os sete anões” (1937), “Cinderela” (1950) e “A pequena sereia” (1989), colaboram para a reprodução de estereótipos de gênero, que projetam a mulher como submissa ao homem, e de expectativas sociais em relação ao feminino. Neste aspecto, evidenciou-se o que seria “o marco” entre as animações tidas como reprodutoras de conceitos tradicionais e as que buscam uma desconstrução dessa identidade clássica, com base em conceitos modernos, que rompem a reprodução de estereótipos femininos e, assim, estabelecem novos referenciais identitários. Desta forma, pretendeu-se analisar, comparativamente, as produções tradicionais com a animação “Valente” (2012), que se caracteriza como uma ruptura na representação da mulher nos filmes infantis, o que contribuiu para a produção de identidades e relações de gênero que colocam a mulher como protagonista de sua própria história.

 

Palavras-chave: Estudo de gênero, animação, contos de fada, Walt Disney.


Palavras-chave


Estudo de gênero, animação, contos de fada, Walt Disney.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários