HISTÓRIA, ANTROPOLOGIA, MEMÓRIA E FOTOGRAFIA: DARCY E BERTA RIBEIRO ENTRE INDÍGENAS OFAYÉ EM MATO GROSSO (DO SUL), 1948

Julia Falgeti Luna

Resumo


 

Resumo: O artigo apresenta os resultados de um estudo sobre imagens fotográficas utilizadas como documentação histórica, a partir de suportes teóricos e metodológicos da Nova História Cultural. Fotografias tiradas pelo casal de antropólogos Darcy e Berta Ribeiro revelam a presença de membros do povo indígena Ofayé, em 1948, no antigo Sul de Mato Grosso, atual Estado de Mato Grosso do Sul. Sabe-se que até o início do século XX o povo Ofayé estimava uma população de aproximadamente duas mil pessoas, que perambulava desde a margem direita do rio Paraná até as proximidades da Serra de Maracaju. Os Ofayé, contudo, foram reduzidos ao longo do tempo a menos de uma centena de indivíduos, dividindo-se em pequenos agrupamentos. Os confrontos e as doenças, além de outros problemas enfrentados, ocasionaram a precipitada ideia da “extinção” dos Ofayé. No final dos anos 1940 os referidos antropólogos mantiveram contato com alguns indígenas durante quatro semanas, localizados em terras do atual município de Batayporã. As imagens constituem-se em fragmentos para a elaboração de uma história da presença indígena na região do Vale do rio Ivinhema, além de servirem como referência à memória social Ofayé.

Palavras-chave: História; Fotografia; Indígenas Ofayé; Darcy e Berta Ribeiro; Memória.

Key words: History; Photography; Indigenous Ofayé; Darcy and Berta Ribeiro; Memory.

 

 


Palavras-chave


História; Fotografia; Indígenas Ofayé; Darcy e Berta Ribeiro; Memória.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários