A MEMÓRIA COMO FORMA DE PRESERVAÇÃO DA HISTÓRIA DA MUNICIPALIZAÇÃO DE CONGONHINHAS (1926-1945)

Rosana Célia Santos Paiva, Lorena Zomer

Resumo


O objetivo deste artigo é mostrar como se deu o processo de municipalização política e o desenvolvimento do município de Congonhinhas entre o período de 1926 a 1945, por meio da História Oral e da pesquisa documental. Partindo do entendimento de que a memória é imprescindível às pesquisas, para análise do contexto sócio-histórico, procurei, assim, ouvir outras vozes, no caso em questão, um grupo de antigos moradores do lugar, em reconhecimento à sua legitimidade social e em respeito aos anos vividos na região, no período da formação do município e na construção dos espaços públicos, em especial, no da igreja Católica. Nesse contexto, foi possível obter informações que ofereceram interpretações e perspectivas diferentes sobre os mesmos fatos históricos, o que demonstra a necessidade de revisão da historiografia, contribuindo, assim, para outras possibilidades de interpretação das diversas questões da municipalização de Congonhinhas.


Texto completo:

PDF