NOVENAS, PROCISSÕES, REZAS E FESTAS: AS CELEBRAÇÕES EM HONRA AO DIVINO ESPÍRITO SANTO EM PONTA GROSSA. (2003-2012)

Vanderley de Paula Rocha, Maura Regina Petruski

Resumo


As celebrações em honra ao Divino Espírito Santo, que ocorrem em diversas cidades do Brasil, assim como em outros países, como Portugal, se caracterizam como uma das inúmeras devoções do catolicismo popular. No Brasil, para muitos dos autores que se dedicam a estudar essa devoção, trata-se de prática realizada desde o período da colonização. Em Ponta Grossa/PR a devoção ao Divino Espírito Santo teve início em 1882, quando, segundo a tradição, foi encontrada uma imagem sua, representada por uma pomba, gravada em madeira. A partir desse momento iniciou-se na cidade a celebração em honra ao Terceiro Elemento da Santíssima Trindade. O ponto principal de abordagem desse trabalho liga-se às celebrações em honra ao Divino Espírito Santo, ou seja, as rezas, as novenas, as procissões e principalmente a festa, analisada enquanto um momento de afirmação da comunidade religiosa e como um espaço de sociabilidade. Outro ponto abordado diz respeito às relações observadas entre os devotos e o clérigo local, o primeiro representante de um catolicismo devocional e popular, o segundo constituído do catolicismo institucional. Para tanto, utilizou-se como fontes periódicos locais, programas das festas do Divino, orações e folhetos. Parte-se dos pressupostos dos teóricos da História Cultural, da análise de discursos e da construção e manutenção do poder, esse às vezes institucionalizado, outras vezes não.

Texto completo:

PDF