"Temporalidades da existência: a (re) escritura da história na ficção kunderiana"

Rosimara Aparecida da Silva Richard, Raphael Guilherme de Carvalho

Resumo


O propósito deste trabalho é realizar uma análise da primeira parte de O livro do riso e do esquecimento, do escritor tcheco Milan Kundera, tentando perceber como sua escrita ficcional se apropria da História para construir um contexto significativo para testar as possibilidades de seus personagens (egos experimentais), proporcionando com isso reflexões sobre a própria existência.  


Palavras-chave


História; Literatura; escrita kunderiana

Texto completo:

PDF