Tendências historiográficas na revista História: Questões e Debates. (1980-1990)

Thiago Felipe dos Reis

Resumo


Este projeto tem como objetivo estudar as transformações historiográficas surgidas no Brasil, principalmente a partir da década de 1980, em uma revista acadêmica paranaense intitulada “História: Questões e Debates”. Com este trabalho pretende-se utilizar a revista em questão, como uma fonte de contribuição aos estudos da história da historiografia no Brasil e no Paraná. Apresentamos a revista desde sua criação, em novembro de 1980, até o último volume selecionado para o recorte temporal desse trabalho, junho a dezembro de 1990, tendo em vista que este número não esgota a produção da revista. Para tal análise, optamos por utilizar autores como Michel de Certeau e a sua ideia de uma operação historiográfica, e Keith Jenkins com a sua necessidade de uma reflexão sobre a história hoje e de a história como um discurso, além das contribuições de Frank Ankersmit e de Hayden White. Acreditamos que a análise dos textos teórico-metodológicos e das discussões historiográficas presentes nos artigos publicados, de historiadores tanto paranaenses quanto nacionais e internacionais, podem ajudar a compreender a influência e a recepção dessas novas tendências historiográficas no campo acadêmico brasileiro.

.


Palavras-chave


Historiografia, História da Historiografia, História: Questões e Debates

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários