“VILA SÃO PEDRO” – REPRESENTAÇÕES DE UMA COMUNIDADE NO IMAGINÁRIO DOS MORADORES DA CIDADE DE SENGÉS-PR (1970-1980)

Carla Roseane de S. Camargo, Antonio Paulo Benatte

Resumo


O presente estudo busca conhecer as percepções, visões e interpretações que os moradores e ex-moradores da Vila São Pedro, bem como os moradores em geral da cidade de Sengés, tem desse espaço. A Vila São Pedro, localizada no município de Sengés-PR, tem uma população estimada em 4 mil moradores. Essa comunidade teve seus começos no final da década de 60 e início da década de 70. Sua área era uma antiga chácara, doada ao município para que nela fosse construída uma Escola Técnica; porém, como a prefeitura não iniciou a construção, a área começou a ser invadida por migrantes vindos de cidades vizinhas como Riversul-SP, São José da Boa Vista-PR, Bairro Santa Cruz (Itararé-SP), os quais, atraídos pela oportunidade de emprego e condições melhores de vida, desembarcavam em Sengés a fim de ali se instalarem. A pesquisa foi realizada com base metodológica nas técnicas da história oral; essa metodologia permite o estudo da história e das relações entre o passado e o presente em contextos em que os documentos escritos são raros ou inexistentes. É o caso da história da Vila São Pedro e suas diferentes representações e imagens que remetem à memória de seus moradores e ex-moradores. Por fim, também discorreremos sobre as formas de sociabilidade entre os moradores dessa Vila, com o intuito de relativizar as imagens estigmatizantes historicamente construídas sobre os moradores da referida vila.

Palavras-chave


História Local, Representação, Memória, Identidade.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários